sexta-feira, 7 de outubro de 2016

10 ATUAÇÕES FANTÁSTICAS DE HERÓIS NO CINEMA

POR: DIEGO SALOMÃO
COM COLABORAÇÃO DE: RICHARD CARDOSO


10-Samuel L. Jackson (Nick Fury)
Como se coordena uma equipe formada por um super-soldado, um playboy que provavelmente vai rir de tudo o que você fala, um homem que tem sérios problemas de auto-controle e um (apenas) deus? Fácil, só chamar Samuel L. Jackson! Porque quando o seu Nick Fury fala, nem Capitão América, nem Tony Stark, nem Hulk e nem Thor ousam desobedecer. Quer dizer, até ousam, mas sempre com o pé atrás. Afinal, o homem que reuniu os Vingadores merece respeito, não?



9-Tobey Maguire (Homem-Aranha)
Muita gente não gostou da atuação de Maguire. Cara de bobo, nerd, tem cara de quem sofria bullyng na escola, blábláblá... O que ninguém percebe é que a descrição não é sobre ele, mas sobre Peter Parker! Naquele início de século XXI, quando os heróis no cinema praticamente se restringiam a Batman e Superman, foi Maguire, com seu Homem-Aranha, que meteu o pé na porta e botou mais uma celebridade dos quadrinhos na telona. Nerd, sim; cara de bobo, sim; mega-produção, sim; e muito, muito fiel aos HQ’s!


8-Edward Norton (Hulk)
OK, foi apenas um filme – O Incrível Hulk (2008) – mas que atuação magnífica teve Norton como o atormentado Dr. Bruce Banner. Mesmo sendo um ator consagrado, ele não permitiu que seus muitos personagens viessem à tona, e encarnou com maestria o que se pode chamar de uma versão moderna de “O Médico e o Monstro”. Até seu aspecto físico falou por ele no filme: um personagem que, antes de sua mutação, não impunha o menor respeito nas pessoas a sua volta. Depois dela, bem...


7-Chris Evans (Capitão América)
Evans já tinha ido bem como o inconsequente e deslumbrado Tocha-Humana nos dois filmes do Quarteto Fantástico. Aí, fez exercícios, mudou a alimentação, trocou o sorriso irônico por um patriotismo inabalável e ressurgiu como Steve Rogers; o lendário Capitão América, símbolo da entrada norte-americana na Segunda Guerra Mundial. Um super-soldado, sério, emotivo, responsável, líder natural, e que se destacou não apenas em seus filmes, mas também comandando a equipe dos Vingadores.


6-Antonio Banderas (Zorro)
Quem disse que o mundo dos super-heróis só existe para a Marvel e a DC Comics? Não, meus amigos. Muito antes de Bruce Wayne se transformar em morcego, a alcunha de “Cavaleiro das Trevas” já era por direito de outro aristocrata de roupa preta, que lutava pelos fracos e oprimidos. No épico A Máscara do Zorro, Banderas interpretou, não Diego de La Vega, mas seu sucessor, Alejandro; o malandro incumbido de seguir com a capa, a espada e o título de nobreza que escondia sua verdadeira e mais nobre missão. E com que perícia ele foi de gatuno a herói! A mesma com a qual arrancou as roupas de Catherine Zeta-Jones usando a espada!


5-Halle Berry (Tempestade)
Halle Berry ficou tão marcada pelo horroroso filme-solo da Mulher-Gato, que muitos acabam se esquecendo de que, durante 14 anos, ela deu corpo à principal personagem feminina da Marvel. Como integrante dos X-men, Tempestade sempre foi o braço direito do Professor Xavier, muitas vezes sendo o elo entre os bonzinhos Ciclope e Jean, e o carrancudo Wolverine. Também era ela a principal responsável pelo treinamento dos jovens mutantes. Claro, tudo isso veio dos quadrinhos, e aí surge a pergunta: e fisicamente? Fisicamente, Halle Berry é a Tempestade!

4-Hugh Jackmann (Wolverine)
Se você assistiu Van Helsing, Os Miseráveis, Os Suspeitos, ou qualquer outro filme de Hugh Jackmann com certeza estranhou a ausência das famosas garras do Wolverine. Pudera, né? São 16 anos e oito filmes com o personagem (o 9º sai no ano que vem) e até fisicamente já é difícil dissocia-los: a barba, o cabelo, o corpo... Jackmann incorporou tudo, inclusive os olhares e expressões faciais típicos do mais sisudo dos X-men. Ele já disse que vai abandonar o personagem, mas será que o Wolverine vai abandoná-lo algum dia?


3-Robert Downey Jr. (Homem de Ferro)
Para quem não é do mundo dos HQ’s, pode-se dizer que existem duas fases para o Homem de Ferro: antes de Downey e pós-Downey. Antes, um personagem obscuro da Marvel Comics, que nunca chegou nem perto da popularidade de um Homem-Aranha, Wolverine, Capitão América ou Hulk. Depois, um super-astro, que tomou conta da televisão, do Netflix, do Youtube e até dos filmes de seus amigos, em que é citado com frequência. Culpa apenas do Universo Cinematográfico Marvel? Sim, mas culpa principalmente de Robert Downey Jr; excelente ator, que interpretou até Chaplin no cinema, e colocou sua característica ironia a serviço de Tony Stark, dando-lhe um status de galinha dos ovos de ouro da Marvel e praticamente inviabilizando qualquer interpretação futura do personagem. 

2-Patrick Stewart (Professor Xavier)
Ser o mutante mais poderoso do mundo e mentor intelectual da equipe mais forte já vista nas telas e quadrinhos só poderia ser mesmo uma tarefa para o homem que substituiu o capitão James T. Kirk em Star Trek. Pois para além de semelhanças físicas com o Professor Xavier, Patrick Stewart deu ao personagem toda a dignidade que ele merecia, jamais confundindo sua calma e sabedoria com indiferença ou fragilidade física. Atuação definitiva para um herói tão diferente dos demais.


1-Christopher Reeve (Superman)

Só podia ser ele! Antes, muito antes de Universo Marvel de Cinema, Universo DC, filmes do Batman, Vingadores, X-men... Antes de tudo isso, Christopher Reeve encarnou o Homem de Aço de forma tão incontestável que há quase 40 anos, as imagens que se tem do herói são as protagonizadas por ele, como a clássica em que, correndo, Clark Kent, abre a camisa e mostra o famoso “S” para o público. Nos últimos dez anos de sua vida, Reeve viveu em uma cadeira de rodas, consequência de uma queda andando a cavalo. Fatalidade, é claro; ainda mais para quem foi e sempre vai ser o Superman!

1 comentários:

Renato Zanotto de Paschoal disse...

Excelente texto, eu até aumentaria essa lista com, pelo menos, Christian Bale e Ian Mckellen.

 

Blogroll

free counters

Minha lista de blogs